Home
Newsletter Cibersegurança
ABRIL 2020

Aprenda a utilizar corretamente as ferramentas de Comunicação / Vídeo

A Pandemia do Coronavírus transformou a forma de muitas organizações operarem no dia-a-dia e obrigou à rápida adoção de ferramentas de comunicação alternativa, nomeadamente as de vídeo-conferência.

Estas ferramentas deixaram de ser usadas num contexto esporádico e passaram a ser ferramentas de trabalho constante para milhões de profissionais.

Como em todos os contextos, sempre que existe uma alteração acabam por surgir novos riscos, que têm de ser adequadamente geridos e mitigados:

1. Selecione ferramentas adequadas

Procure tirar partido de ferramentas que utilizem comunicações cifradas ponto a ponto com chaves apropriadas, evitando a interceção dos seus conteúdos

Utilize preferencialmente ferramentas que permitam uma gestão centralizada dos parâmetros da plataforma que sejam aplicáveis a todos os utilizadores

Tenha particular atenção às configurações dos parâmetros de autenticação, privilegiando sempre formas de autenticação que tirem partido do atributo multi-fator

Desconfie de ferramentas que pedem acesso à sua agenda telefónica inteira ou a parâmetros do sistema que não sejam necessários para a sua função

Garanta a instalação de atualizações ao software, de forma a tirar partido das últimas correções de funcionalidade e segurança

2. Faça uma utilização apropriada

Evite usar salas privadas sempre com a mesma identificação e faça setup de salas específicas, para cada reunião, com identificadores aleatórios

Permita apenas a utilizadores autenticados assistir às reuniões

Defina uma password para a sessão, evitando a participação inusitada de outros participantes

Não permita aos utilizadores entrar na sala sem que o organizador esteja presente, filtrando assim as entradas na vídeo-conferência

Feche (Lock Down) as suas reuniões quando todos os participantes estiverem presentes, prevenindo novas entradas na reunião

Desligue as funcionalidades de partilha de ficheiros, sempre que estas não sejam requeridas

Desative a entrada na comunicação por telefone, sempre que este meio não se revele necessário atendendo aos participantes da reunião

3. Garanta a privacidade

Procure realizar as suas comunicações em locais visualmente neutros, evitando a partilha de informação desnecessária ao contexto

Privilegie meios alternativos, mais diretos e seguros, para a partilha de informação sensível, como é o caso das senhas de acesso

Evite realizar comunicações a partir de espaços públicos ou outros onde terceiros possam aceder, via auditiva ou visual, ao conteúdo da reunião

Participe e partilhe levando sempre em consideração que é possível outro participante tirar screen-shots ou fotografias ao conteúdo presente no seu ecrã